Sistema dos Comitês da Bacia Hidrográfica do Rio Doce é destaque na COP -26 

16/11

 

Durante o encontro, realizado na Escócia, foi apresentado o Projeto do Sistema Integrado de Gestão de Águas para a Bacia do Rio Doce (SIGA DOCE).  

  

Os Comitês da Bacia Hidrográfica do Rio Doce, através da Associação Pró- Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (AGEVAP/AGEDOCE) – Filial Governador Valadares/MG,  foi destaque durante a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP-26), em Glasgow, na Escócia, com o Projeto do Sistema Integrado de Gestão de Águas para a Bacia do Rio Doce (SIGA DOCE), que consiste na construção de um sistema inédito para a Bacia Hidrográfica do Rio Doce, criado a partir de uma solução tecnológica baseada na plataforma ESRI ArcGIS,  que realiza mapeamento e análise.  

A ferramenta une a condição de tecnologia aos dados e traz um processo inovador para trabalhar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6 (ODS-6) – da ONU –  denominado Água Limpa e Saneamento, cujo intuito é garantir a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento básico para toda a população. A porta-voz desse projeto e responsável pela elaboração é a empresa Codex. 

Para o Diretor-Presidente da AGEVAP, André Marques, o fato de ter a ferramenta apresentada em um dos principais eventos sobre o impacto das mudanças climáticas no planeta mostra que a entidade está no caminho certo. “Ter esse projeto apresentado em um evento da ONU, consolida a nossa gestão e mostra nosso diferencial em um momento tão importante, pois estamos   alinhados aos principais objetivos e pactos que visam à recuperação do planeta”, pontuou.  

De acordo com o Diretor de Negócios da Codex, Venicios Santos, dentre os quatro principais objetivos da COP- 26 estão: limitar a 1,5 Graus o aumento   da temperatura; zerar o desmatamento ilegal; regular o mercado de carbono; e estabelecer o apoio financeiro aos países em desenvolvimento. “Neste último objetivo, entendo que a comunidade internacional espera muito das ações que serão realizadas no Brasil, e parcerias como essa da AGEDOCE e a Codex que unem a tecnologia a gestão das políticas demonstram uma execução efetiva de ações de minimização dos impactos das mudanças climáticas. Destaca-se que temos uma relação direta no que se refere ao aumento da temperatura, pois a gestão hídrica eficiente contribui diretamente para a meta de aumento de 1,5 graus da temperatura global. Então, estes são pontos que estamos trabalhando fortemente junto à AGEDOCE, com o objetivo de contribuir para um planeta melhor para nossas futuras gerações”, destacou.  

SIGA DOCE – CONHEÇA A FERRAMENTA APRESENTADA  

O SIGA DOCE consiste na construção de um sistema inédito para a Bacia Hidrográfica do Rio Doce, criado a partir de uma solução tecnológica baseada na plataforma ESRI ArcGIS. O SIGAWEB DOCE, é desenvolvido pela Codex, a partir dos recursos do ArcGIS, que armazena e compartilha, de maneira integrada e segura, dados espaciais e informações sobre todo o território da Bacia.  

Os dados obtidos por meio da plataforma detalham temáticas que envolvem a caracterização físico-biótica e socioeconômica, limites físicos e políticos, planejamento, gestão e recursos hídricos. Conforme os estudos que constantemente são desenvolvidos em cada comitê, o nível de detalhamento sobre recursos hídricos permitirá a inclusão dados de balanço hídrico, demandas, disponibilidade, qualidade da água, entre outros. A plataforma ainda vai contar com a atualização assistida para a integração de novos estudos que estão sendo criados, como a revisão do Plano Integrado de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Doce (PIRH – Doce). 

COP-26 

A 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP-26), principal cúpula da ONU para debate sobre questões climáticas, foi realizada entre os dias 1 e 12 de novembro deste ano, em Glasgow, na Escócia. A COP-26 reúne mais de 120 líderes mundiais para decidir os rumos da minimização dos impactos das mudanças climáticas no planeta. 

OS COMITÊS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE  

Os Comitês de Bacia Hidrográfica são órgãos colegiados, com atribuições normativas, deliberativas e consultivas, no âmbito da Bacia Hidrográfica, vinculado ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH). Compõem a região do Rio Doce: Comitê de Integração, CBH-Doce; CBH-Piranga; CBH-Piracicaba; CBH-Santo Antônio; CBH-Suaçui; CBH-Caratinga; CBH-Manhuaçu; CBH-Guandu/ES; CBH-Santa Joana/ES; CBH-Santa Maria do Doce/ES; CBH-Pontões e Lagos do Rio Doce/ES e CBH-Barra Seca e Foz do Rio Doce.    

AGEVAP/AGEDOCE 

A AGEVAP (Associação Pró- Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul) – Filial Governado Valadares/MG, está legalmente habilitada a exercer as funções de Agência de Água para CBH- Doce, em âmbito federal, e para seis comitês estaduais mineiros:  Piranga, Piracicaba, Santo Antônio, Suaçuí, Caratinga e Manhuaçu. 

 

© 2016 CBH-Doce - Todos os direitos reservados

Rua Afonso Pena, 2.590 | Centro | Governador Valadares | Email: cbhbaciadoriodoce@gmail.com