CBH-Guandu participa de aprovação de PMSB de Brejetuba

19/08

O documento foi financiado pelo Comitê através da utilização de recursos da cobrança pelo uso da água no Rio Doce

 Após nove anos de história na luta pela recuperação dos mananciais da região, o CBH-Guandu conclui mais uma etapa de seu trabalho com a entrega do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) de Brejetuba. O documento, aprovado em audiência pública no dia 1º de agosto, foi financiado pelo Comitê, através da utilização do recurso da cobrança pelo uso da água no Rio Doce – principal curso d’água da Bacia do Rio Doce, que tem o Rio Guandu como afluente. Cerca de R$ 150 mil foram investidos na elaboração do documento, que traça diretrizes e prevê ações para a promoção de melhorias nos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto, coleta e destinação de resíduos sólidos e drenagem, em um horizonte de vinte anos.

 A presidente do CBH-Guandu, Ana Paula Bissoli, ressalta a importância do PMSB como instrumento de desenvolvimento de políticas públicas de saúde e saneamento do município e destaca que, apesar de a elaboração do documento ser de responsabilidade de cada cidade, membros do CBH-Guandu aprovaram o investimento por entender a importância da ferramenta para a melhoria da qualidade das águas. “Conseguir o recurso para o plano não é um fim, mas sim um começo, pois permite que o município inicie o processo de planejamento na área do saneamento, em que é essencial a participação do poder público, do responsável pelo saneamento e da sociedade em geral. Definir o que queremos e como faremos para alcançar é fundamental”. Bissoli ainda ressaltou que o plano é um instrumento estratégico e deve ser elaborado de forma participativa, a fim de assegurar os direitos humanos, principalmente no que diz respeito à prevenção de doenças e melhoria da qualidade ambiental. “O município de Brejetuba teve a oportunidade de participar do planejamento no que diz respeito ao saneamento e, assim que o Plano for aprovado na Câmara Municipal, é fundamental continuar caminhando na busca dos recursos para implementação dos programas e projetos previstos”, finalizou.

 Programa de Universalização do Saneamento

O PMSB de Brejetuba foi financiado por meio do Programa de Universalização do Saneamento. A iniciativa também foi implementada em oito sub-bacias de rios afluentes do Rio Doce, em um investimento superior a R$ 20 milhões. Mais de 150 municípios tiveram seus planos elaborados com recursos dos comitês, que optaram por trabalhar em ações voltadas à solução de problemas ligados aos serviços de saneamento e, principalmente, ao lançamento de esgoto nos cursos d’água.

© 2016 CBH-Doce - Todos os direitos reservados

Rua Afonso Pena, 2.590 | Centro | Governador Valadares | Telefone: (33) 3212-4350