NOTA SOBRE AS CHUVAS OCORRIDAS NA REGIÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE

13/12

Tendo em vista as chuvas ocorridas nos últimos dias em várias regiões da Bacia Hidrográfica do Rio Doce, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) intensificou a divulgação de relatório do Sistema de Alerta de Eventos Críticos para monitorar a região. De acordo com informações do último Boletim Extraordinário do órgão, divulgado na tarde de hoje, dia 18, às 13h, os rios Piranga e Piracicaba mantem-se em níveis acima da cota de alerta.

  • O nível do rio Piracicaba na estação de Nova Era, pertencente à Rede Hidrometeorológica Nacional, encontra‐se na cota 429 cm, às 12 horas, acima da cota de alerta de 350 cm.
  • O nível do rio Piracicaba na estação Mário de Carvalho, pertencente à Rede Hidrometeorológica Nacional, encontra‐se na cota 438 cm, às 12 horas, com cota de alerta de 440 cm.
  • O nível do rio Piranga na estação Ponte Nova, pertencente à Rede Hidrometeorológica Nacional, encontra‐se na cota 301 cm, às 12 horas, acima da cota de alerta de 280 cm.

Previsão de cota:

  • Nova Era – Rio Piracicaba. Nível com tendência a se manter, podendo oscilar em torno da cota 425 cm nas próximas horas.
  • Mário de Carvalho – Rio Piracicaba. Nível com tendência a subir podendo oscilar em torno da cota 460 cm, por volta das 20h do dia 18/1/2016.
  • Ponte Nova – Rio Piranga. Nível com tendência a se manter, podendo oscilar em torno da cota 310 cm nas próximas horas.

Ainda segundo informações divulgadas pela CPRM no dia 17/01/2016, também foram registradas fortes chuvas em Mariana/MG, na área do rompimento da barragem pertencente à mineradora Samarco, entre os dias 13 e 17 deste mês. Com isto, é esperada uma elevação da turbidez ao longo do Rio Doce até a foz nos próximos dias.

Desta forma a Câmara Técnica de Gestão de Eventos Críticos (CTGEC) do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce (CBH-Doce) faz um alerta aos usuários das águas do Rio Doce e afluentes, prefeituras, ribeirinhos e agricultores para que acompanhem das alterações nas cotas/níveis dos afluentes e do rio Doce.

 

Luciane Teixeira Martins

Presidente da CTGEC

Boletins de monitoramento

© 2016 CBH-Doce - Todos os direitos reservados

Rua Afonso Pena, 2.590 | Centro | Governador Valadares | Email: cbhbaciadoriodoce@gmail.com