CBHs aumentam esforços para revitalizar a bacia do rio Doce

24/11

Texto para site: No dia 5 de novembro de 2015, o Rio Doce teve sua história marcada pela maior tragédia ambiental do país. Com o rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco, em Mariana/MG, todo o manancial foi contaminado, afetando direta e indiretamente a vida dos moradores dos 228 municípios que compõem a bacia.

Atualmente, os comitês investem de forma integrada em programas para conter a geração de sedimentos, melhorar o saneamento nas áreas rurais e contribuir para o aumento da disponibilidade hídrica e a qualidade dos mananciais, por meio do cercamento e da revegetação das APPs de nascentes. Como consequência do desastre e do novo panorama ambiental da bacia do rio Doce, investimentos foram revistos e novas ações estão sendo priorizadas.

Veja as ações dos CBHs: http://www.cbhdoce.org.br/geral/compromisso-intensificado-em-prol-do-doce
Confira a repercussão: http://www.drd.com.br/news.asp?id=50089800096446410000

http://www.cbhdoce.org.br/wp-content/uploads/2017/11/13-11-Atila-Lemos.pdf

http://www.jm1.com.br/geral/meio-ambiente/compromisso-intensificado-em-prol-do-doce.html

 

© 2016 CBH-Doce - Todos os direitos reservados

Rua Afonso Pena, 2.590 | Centro | Governador Valadares | Telefone: (33) 3212-4350