Monitoramento Especial do Rio Doce

11/01

A barragem de Fundão, da mineradora Samarco, que pertence à Vale e à anglo-australiana BHP Billiton, localizada em Mariana (MG), rompeu no dia 5 de novembro de 2015, causando grande enxurrada de rejeitos. A onda atingiu a barragem de Santarém, a jusante, povoações nas margens no rio Gualaxo do Norte, passou pelo rio do Carmo e atingiu o rio Doce. Desde o dia 06 de novembro, o Serviço Geológico do Brasil – CPRM e a Agência Nacional de Águas – ANA estão acompanhando o movimento da onda de rejeitos diariamente. O monitoramento também inclui a qualidade da água e dos sedimentos, cujos primeiros resultados saíram no dia 16 de novembro. Desde 19 de novembro, o monitoramento da qualidade da água vem sendo feito a cada dois dias e o dos sedimentos, a cada quatro dias. A turbidez está sendo monitorada diariamente.

Confira os boletins

© 2016 CBH-Doce - Todos os direitos reservados

Rua Afonso Pena, 2.590 | Centro | Governador Valadares | Telefone: (33) 3212-4350